Select Menu
«
Proxima
Este é o post mais recente.
»
Anterior
Postagem mais antiga

    Antes de entrarmos no microscópico mundo das moléculas proteicas crivadas de íons Fe, vamos lembrar a produção das células sanguíneas a hematopoiese. A produção das células sanguíneas começa já no saco vitelínico, por volta da segunda semana após a fecundação (anfimixia=fusão do pró-núcleo feminino e o pró-núcleo masculino. A medida que o embrião vai se desenvolvendo, surgem as primeiras estruturas especializadas, começa o esboço dos primeiros órgãos, ocorrendo os fenômenos fisiológicos e morfológicos, o embrião transformar se á em feto. O fígado é o primeiro órgão a produzir as células sanguíneas (hematopoiéticas), enquanto a medula óssea está sendo formada anatomicamente e funcionalmente. No saco vitelínico, ocorre apenas a produção dos eritroblastos (hemácias jovens), enquanto no período fetal a síntesee de eritrócitos (hemácias) e granulócitos (leucócitos) como os neutrófilos, basófilos e eosinófilos acontecem na medula óssea. 

    Anemia Falciforme ou Siclemia (Hb S)

      Esta anemia ou também tratada no meio médico por Sindrome Falcêmica é conhecida há séculos por povos da África. Exames radiólogicos realizados em ossos de mais de 7.000 anos de portadores da anemia falcifome,  mostraram lesões características dessa patologia. 
       A Hb S é causada por uma mutação no gene beta, responsável pela produção da globina que ao se associar ao grupamento químico Heme, passa a se chamar Hemoglobina. Há uma substituição de uma base nitrogenada do códon GAG  para GTG , resultando na substitição do ácido glutâminico (Glu) pela valina, isso acarreta em uma mobilidade mais lentat na Hemoglobina S em relação a Hemoglobina A (normal). A hemoglobina S torna-se esticada, esta mudança morfologica favorece o contato entre as regiões da desoxiemoglobina, o que não é possível no no estado oxigenado, portanto, o portador tem problemas com a boa oxigenação dos órgãos e tecidos, confeerindo problemeas no dia a dia e em atividades físicas, estudos e etc. As hemácias então ficam com um formado irregular, alongado, filiformes, lembrando uma foice, porém, existe normais também, conforme se observa nos esfregaços sanguíneos. Vejamos:

Imagem relacionada observe a comparação das hemácias em um vaso sanguíneo.

Resultado de imagem para anemia falciforme esfgregaço sanguíneo H.E (hematoxilina eosina) mostrando os eritrócitos(hemácias) com formas irregulares filifórmes.

Resultado de imagem para anemia falciforme


  Hemoglobina C (Hb C) 

   A hemoglobina C (Hb C) é originária do oeste da África  e espalhou-se pelo mundo como a hemoglobina S. Consiste na mutação do gene da globina beta no códon 6 (GAG-AAG), resultando na substituição do sexto aminoácido da cadeia beta da hemoglobina humana, o  a.a ácido glutâmico (Glu), pelo a.a lisina. (Lis).
A hemoglobina C foi detectada por causa da migração lenta durante o processo de eletroforese alcalina (básica) em acetato de celulose, consequência da substituição dos aa, não se separando da fração A2 (Hb A2). Pode ser separada na eletroforese ácida e na focalização isoelétrica. A cromatografia de alto desempenho (HPLC) separa completamente as frações das hemoglobinas C e A2, permitindo caracterizar a presença da interação com talassemia beta.
    Em soluções saturadas, ocorre a cristalização das moléculas, sendo que esses cristais podem ser encontrados nos eritrócitos (hemácias) do sangue periférico dos homozigotos CC, mas são raros nos pacientes com baço aumentatdo (esplenomeegalia). Há grande aumento dos cristais intracelulares após esplenectomia. A hemoglobina fetal Hb A inibe a cristalização da hemoglobina C. A hemoglobina C tem a propriedade de alterar a troca de íons pela membrana da hemácia e alterar sua forma, adquirindo no esfregaço sanguíneo o aspecto de hemácias em alvo, além de microcitose, hipocromia (baixa coloração) e esferócitos. A hemoglobina anormal ativa a perda de potássio pelas células vermelhas (eritrócitos), reduzindo sua vida média, que, apesar disso, é bem maior que a do eritrócito com hemoglobina S. Isso leva a problemas para realizar as atividades do dia dia, prática de esportes, estudar e etc.
    A afinidade da hemoglobina C pelo oxigênio é um pouco reduzida. As mudanças em volume devido a alterações da pressão osmótica são discretas. A lise osmótica Hemolise ocorre em valores do volume corpuscular médio (VCM) menores do que a célula normal, com hemoglobina A (Hb A), ou seja, há redução da fragilidade osmótica por causa do aumento da superfície com relação ao volume celular, sendo este reduzido por causa da desidratação e da elevação da concentração da hemoglobina corpuscular média (CHCM). Os eritrócitos maduros e os reticulócitos (eritroblastos) com hemoglobina C são mais densos que os normais. 

Resultado de imagem para hemoglobina C


Resultado de imagem para hemoglobina C observe o esfregaço as hemácias em alvo, tipicas de Hemoglobina C (HbC) 


by Bolha 

Autor Blog de Ciências do Professor Bolha

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Este é o post mais recente.
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios

Fiquem a vontade para fazer comentários e perguntas

Sugestão de Postagens

Talk Bolha